1º Simpósio Internacional

Línguas e variedades linguísticas ameaçadas na Península Ibérica: Documentação e revitalização

en Español

Data e local

1-2 de Julho 2016 | Hotel Eurosol, Alcanena / Portugal

Sobre o simpósio

Existem no mundo cerca de 7000 línguas; dessas, 2500 têm a sua existência ameaçada e o processo de extinção, apesar de não ser um fenómeno novo, avança rapidamente. É neste contexto que a linguística documentacional, uma disciplina da linguística relativamente recente (anos 90 do século XX) e altamente tecnológica, vê a sua tarefa primordial – documentar de forma multimédia eventos comunicativos representativos de comunidades cujas variedades linguísticas estão ameaçadas ou eram até então desconhecidas, dentro dos seus contextos naturais de utilização, criando corpora multimédia de dados primários devidamente anotados e arquivados para as gerações futuras, quer de falantes quer de investigadores, e incentivar desta forma e em estreita colaboração com a comunidade falante o processo de revitalização dessas mesmas línguas.

Neste sentido e com vista a incentivar a discussão interdisciplinar e divulgar o trabalho com línguas e variedades linguísticas ameaçadas na Península Ibérica, o CIDLeS – Centro Interdisciplinar de Documentação Linguística e Social, em parceria com o projecto FRONTESPO (Universidad de Alcalá), a Universidad Autónoma de Querétaro e o Laboratorio Nacional de Materiales Orales, convida os investigadores que trabalham com e se interessam pela diversidade linguística na Península Ibérica a participar no 1º Simpósio internacional sobre "Línguas e variedades linguísticas ameaçadas na Península Ibérica: Documentação e revitalização" (LAPI 2016) que terá lugar em Alcanena (Portugal) nos dias 1 e 2 de Julho de 2016.

Para além de questões relacionadas com a documentação e revitalização linguísticas no território da Península Ibérica, LAPI 2016 pretende também lançar as bases para um trabalho interdisciplinar entre as artes performativas e a linguística, ao iniciar a reflexão e discussão acerca do papel das artes performativas na revitalização linguística.

Programa >>>

Palestrantes convidados

Xosé Afonso Álvarez Pérez, Universidad de Alcalá (Espanha)
Luz María Lepe (Universidad Autónoma de Querétaro)

Comité científico

Clara Keating (CES – Centro de Estudos Sociais)
Claudia Soria (Istituto di Linguistica Computazionale «A. Zampolli»)
Elisabete Paiva (Associação Cultural Materiais Diversos)
Juan Pablo Mora (Universidad de Sevilla)
Luz María Lepe (Universidad Autónoma de Querétaro)
Paulo Carvalho Vicente (CIDLeS)
Peter Bouda (CIDLeS)
Vera Ferreira (CIDLeS)
Xosé Afonso Álvarez Pérez (Universidad de Alcalá)

Comité organizador

Luz María Lepe (Universidad Autónoma de Querétaro)
Paulo Carvalho Vicente (CIDLeS)
Peter Bouda (CIDLeS)
Rita Pedro (CIDLeS)
Vera Ferreira (CIDLeS)

Parceiros

Projecto FRONTESPO - Frontera hispano-portuguesa: documentación lingüística y bibliográfica (Universidad de Alcalá, Espanha)
Maestría en Estudios Amerindios y Educación Bilingüe (Universidad Autónoma de Querétaro, México)
Laboratorio Nacional de Materiales Orales (México)
Associação Cultural Materiais Diversos (Portugal)
DLDP - Digital Language Diversity Project (Itália)

Apoios

Câmara Municipal de Alcanena
Grutas de Mira de Aire

Para mais informações contacte por favor info@cidles.eu.

Support Us

CIDLeS on Facebook: cidles.eu/fb

Recent Posts